Filmes

Eu assisti – “Boneco do Mal” mais um filme sobre boneco possuído?

Depois de muito postergar, finalmente assisti ao filme Boneco do Mal (The Boy) filme estrelado por Lauren Cohan – a amada Maggie Greene da série The Walking Dead. O filme estreou em 18 de fevereiro deste ano e pelo que vi na mídia não houve muito burburinho sobre ele.

O filme conta a história de Greeta que é contratada para ser babá em outro país, mais especificamente no Reino Unido, em uma mansão afastada da cidade. No local Greeta deverá tomar conta de uma criança enquanto seus pais estão viajando, porém para a sua surpresa a criança na verdade é um boneco. Apesar da estranheza da situação Greeta aceita aquele trabalho e os pais da criança viajam, mas a partir do momento que a babá não segue as regras para cuidar do boneco coisas estranhas passam a acontecer.

boneco-do-mal

Confesso que só assisti ao filme por ele estar disponível no POPCORN TIME, porque o trailer não me deu vontade de assistir muito menos a história, que para mim já estava toda formulada: a típica história do boneco endiabrado (lê-se Chuck e Anabelle)! MAS para a minha surpresa não foi isso que aconteceu e fugiu do clichê, com isso já ganhou pontos comigo. Ou seja, o filme INTEIRO eu vi de uma maneira e quando ele se revelou eu fiquei chocadíssima! Se eu tivesse visto o filme vendo os sinais talvez não fosse uma surpresa tão grande, mas não teve jeito e fiquei ‘como assim é isso que esta acontecendo?’. Esse é o lado bom de ‘desvendar’ o filme antes de ver, porque se você estiver certo o filme vai ser muito ruim, mas se você estiver errado o filme todo torna-se surpreendente e bom mesmo ele não sendo.

boneco-do-mal-quase-um-c3b3timo-filme-mas-quase-nc3a3o-c3a9-o-suficiente-review-sem-spoilers-6

Agora analisando o filme fora o meu choque, a história não achei nada complexa é uma história básica e objetiva que não faz mil ligações com lendas, passado de diferentes pessoas e diversas pessoas envolvidas naquele resultado final. Por ser tão básica e rasa eu senti falta de algo mais, senti falta de mais desenvolvimento dos detalhes: O que aconteceu no passado? Como que chegou aquele boneco? O incêndio foi de propósito ou acidental? Qual a culpa dos pais desde o seu início até o seu desfecho? Outras perguntas rondam minha cabeça, mas não podem ser feitas sem dar spoiler.

Enfim, a história é muito objetiva e você compreende o filme inteiro sem dúvidas sobre o que aconteceu, mas ficam lacunas abertas. Essas lacunas não alterariam o resultado final, mas trariam mais profundidade para a história e aos personagens que pareceram muito artificiais.

landscape-1453490180-lauren-cohan-the-boy

O filme tem como cenário o isolamento e precisava transmitir isso para o telespectador, como os filmes “A Bruxa” e “O Iluminado” que são filmes que dão angustia só levando em consideração o isolamento, sem contar o resto da trama. Já em “Boneco do Mal” são três personagens sendo que um é o boneco, outro é um entregador que aparece uma vez na semana e a outra é a personagem principal que realmente vivencia o isolamento, mas não vemos isso. Eu acredito que se o clima fosse angustiante a história poderia ser ÓTIMA! Imaginar toda aquela situação vivida pela Greeta com a angustia de estar ali sozinha e isolada teria até dado mais interpretações para o filme no seu decorrer.

Eu acho que vale a pena ser visto, porque é um filme regular e tinha capacidade de ser muito bom. Talvez você se surpreenda no final como eu e pela escassez de filmes de terror bons hoje em dia só esse fato já vale a pena.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s